Ex-Dia do Engenheiro Agrônomo (13 de setembro)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/1153

Próxima Celebração "Ex-Dia do Engenheiro Agrônomo": Quinta-Feira, 13 de Setembro de 2018, : daqui 325 dias, 03:15:29-02:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 3 minutos.

O Dia do Engenheiro Agrônomo em 13 de setembro de cada ano, era uma comemoração do Estado brasileiro de São Paulo, que havia sido instituída pelo DECRETO Nº 24.683 de 28 de junho de 1955, muito embora o referido Decreto tenha sido erroneamente publicado com a indicação da celebração para 19 de setembro, mas que foi transferida para 12 de outubro de cada ano pela Lei Nº 10.251 de 23 de outubro de 1968.

O novo "Dia do Engenheiro Agrônomo" de paulistas em 12 de outubro de cada ano, visa marcar a data do Decreto Nº 23.196 de 12 de outubro de 1933, que então estabeleceu a 1ª regulamentação da profissão de agrônomo ou engenheiro agrônomo no Brasil.
A Lei paulista supracitada determminou ainda, que a antiga data comemorativa do Estado de São Paulo em 13 de setembro de cada ano, passasse a ser um "Dia dedicado à memória de Luiz de Queiroz", ou melhor, Dia Dedicado à Memória do proprietário de terras do Estado paulista e agrônomo brasileiro, Luiz Vicente de Souza Queiroz.

As referidas celebrações paulistas de 13 de setembro têm por fim, marcar a data da Lei Nº 678 de 13 de setembro de 1899, que então organizou o serviço agronômico do Estado paulista, e que legislou sobre as escolas práticas de agricultura de São Paulo.

Através do Artigo 13º dessa Lei, se autorizou oficialmente a instalação da escola prática de agricultura da fazenda de São João da Montanha na cidade brasileira de Piracicaba-SP. NO Artigo 14º da referida Lei, se autorizou inclusive que o Governo dos paulistas pudesse estabellecer um ensino rudimentar, o mais pratico possível, por conta da preteza de inaugurar o curso e da economia na installação, emquanto não fosse possível montar a referida escola prática de São João da Montanha com todos os elementos que exigia o ensino agrícola daquele tempo.
Ainda no Artigo 13º da Lei Nº 678 de 13 de setembro de 1899, se mandava também que fossem então aproveitadas as obras e serviços já realizados nesse estabelecimento, que fora doado com todas as suas bemfeitorias ao Executivo de São Paulo por Luiz de Queiroz, , e cuja doação havia sido aceita pelo Decreto Nº 130 de 17 de novembro de 1892, com a condição de que ali fosse construída dentro do longo prazo de 10 anos, a tão sonhada Escola de Agricultura idealizada por ele.

Inicialmente mal compreendido, Luiz de Queiroz optou pela doação quando a Escola de Agricultura que ele idealizara passou a correr perigo de fato, pois o Governo do estado de São Paulo já lhe havia negado uma subvenção e até mesmo o frete gratuito para os materiais destinados à construção do estabelecimento da sua escola. porém a situação ficou mais crítica, quando os paulistas aprovaram num inexplicável contraste, a Lei Nº 26 de 11 de maio de 1892 [Revogada mais de 100 anos depois pela Lei Nº 12.241 de 27 de janeiro de 2006], que entre outras disposições, previa então a construção de uma Escola Superior de Agricultura e uma Escola de Engenharia, além de autorizar o Governo a estabelecer nos lugares que julgasse apropriados, 10 estações agronômicas e seus respectivos campos de experiências, prevendo que as mesmas deveriam ficar sob a direção superior da congregação da Escola a ser criada, e que nessas estações deveriam ser preferidos como aprendizes e operários, os menores órphãos que os respectivos juízes designassem.

Diante de todas essas contradições e reviravoltas políticas, o sonho de Luiz de Queiroz tornou-se uma realidade apenas em 3 de junho de 1901, com a inauguração da Escola Prática Luiz de Queiroz, que atualmente se chama ESALQ [Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz"], numa justa homenagem a esse eminente pioneiro e propulsor do ensino agronômico no Estado de São Paulo.

Fontes consultadas:

  1. www.al.sp.gov.br/…
  2. www.al.sp.gov.br/…
  3. www2.camara.leg.br/…
  4. www.al.sp.gov.br/…
  5. www.al.sp.gov.br/…
  6. www.al.sp.gov.br/…
  7. www.al.sp.gov.br/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/1153

RSS/XML