Dia Nacional dos Avós (26 de julho)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/857

Próxima Celebração "Dia Nacional dos Avós": Quinta-Feira, 26 de Julho de 2018, : daqui 247 dias, 23:20:18-02:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 1 minuto.

O Dia Nacional dos Avós em 26 de julho de cada ano, é uma comemoração de portugueses, que está oficializada pela Resolução Nº 50 de 4 de junho de 2003 da Assembleia Legislativa da República de Portugal, a partir do ativismo da então avó lusitana da cidade portuguesa de Penafiel, Ana Elisa do Couto.

Essa data comemorativa é de alguma forma festejada em vários lugares, e está oficializado por Lei em algumas cidades do Brasil, como é o caso do "Dia dos Avós" das cidades brasileiras de Porto Alegre-RS e Rio de Janeiro-RJ, em louvor a Santa Ana e São Joaquim, que são venerados como pais de Santa Maria e avós do Menino Jesus, além de também serem tidos na conta de padroeiros dos Avós e Caseiros.

Para conhecimento, os dados biográficos que sabemos sobre os pais de Maria foram legados pelo evangelho apócrifo atualmente chamado Proto-Evangelho de Tiago, mas também conhecido como Evangelho de Tiago e Evangelho da Infância de Tiago, que deve ter sido escrito por volta do ano 150, cuja obra é citada em diversos estudos dos padres da Igreja Oriental, como Epifânio e Gregório de Nissa.
Segundo se sabe, o marido de Santa Ana, São Joaquim, homem pio, fora censurado pelo sacerdote Rúben, por não ter filhos muito embora Sant’Ana já fosse idosa e estéril.
Então, confiando no poder divino, São Joaquim retirou-se ao deserto para rezar e fazer penitência. Ali um Anjo do Senhor lhe apareceu, dizendo que Deus havia ouvido suas preces.
Tendo voltado ao lar, algum tempo depois Sant’Ana ficou grávida. A paciência e a resignação com que sofriam a esterilidade levaram-lhes ao prêmio de ter por filha aquela que havia de ser a Mãe de Jesus.

O culto a Santa Ana foi tornando-se muito popular na Idade Média, especialmente na Alemanha.
Em 1378, o Papa Urbano IV oficializou o culto a Santana.
Em 1584, o Papa Gregório XIII fixou a data da festa de Sant’Ana em 26 de Julho, e em 1879, o Papa Leão XIII estendeu essa festa para toda a Igreja Católica Apostólica Romana.
Já São Joaquim era inicialmente comemorado em dia diverso ao de Sant’Ana, mas o Papa Paulo VI associou num único dia, 26 de julho, a celebração dos pais de Maria, mãe de Jesus.

Fontes consultadas:

  1. app.parlamento.pt/…
  2. www.jn.pt/…
  3. pt.wikipedia.org/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/857

RSS/XML