Dia Internacional de Conscientização sobre Doenças Neurológicas Crônicas E Imunológicas ou CIND (12 de maio)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/1206

Próxima Celebração "Dia Internacional de Conscientização sobre Doenças Neurológicas Crônicas E Imunológicas" ou "CIND": Sábado, 12 de Maio de 2018, : daqui 171 dias, 00:25:48-02:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 5 minutos.

O Dia Internacional de Conscientização sobre Doenças Neurológicas Crônicas E Imunológicas ou CIND: "International Awareness Day for Chronic Immunological and Neurological Diseases" em 12 de maio de cada ano, é uma comemoração internacional, que foi iniciada em 1992 pelo executivo norte-americano de publicidade e vendas, além de paciente de Doença Neurológica Crônica E Imunológica, Tom Hennessy [Thomas Michael Hennessy JR], e que também é conhecida como "Dia Mundial da Fibromialgia e da Síndrome de Fadiga Crônica" ou "World Day of Fibromyalgia and Chronic Fatigue Syndrome", tendo sido por isso oficializada no Estado brasileiro de São Paulo como "Dia Estadual de Conscientização da Fibromialgia" e no Estado brasileiro de Goiás como "Dia Estadual da Conscientização da Fibromialgia".

De acordo com minhas pesquisas na área, essa pequena confusão se deu porque essa data celebrativa foi primeiramente encampada por organizações de pacientes e familiares ligados a fibromialgia e fadiga crônica, tal qual é o caso de um grupo do Reino Unido chamado BRAME [fita azul da sensibilização para a conscientização sobre encefalomielite miálgica ou "Blue Ribbon Awareness for the awareness of Myalgic Encephalomyelitis"].

Atualmente, a data comemorativa internacional tem por fim, conscientizar sobre a ME e CFS [Fibromialgia e Síndrome de Fadiga Crônica" ou "Fibromyalgia and Chronic Fatigue Syndrome"], GWS [Síndrome da Guerra do Golfo ou "Gulf War Syndrome"] e MCS [Sensibilidade Química Múltipla ou "Multiple Chemical Sensitivities"], entre outras doenças invisíveis, similares e de difícil diagnóstico, que podem ser incapacitantes e gerar muito sofrimento aos pacientes, que muitas vezes terminam por serem mal diagnosticados e mal compreendidos pelos médicos.

Com o objetivo de melhor propagar a ideia desse dia celebrativo, enquanto estava vivo e lá pelo início de sua luta, Tom Hennessy chegou a fundar uma comunidade virtual chamada RESCINDIR [Supressão de Estereótipos Existentes sobre Doenças Neurológicas Crônicas E Imunológicas ou "Repeal Existing Stereotypes about Chronic Immunological and Neurological Diseases"], que atualmente não mais está no ar.

Tom teve a ideia de criar esse dia festivo mundial numa época mais quente do ano, e escolheu 12 de maio, para marcar a data do aniversário do nascimento da enfermeira e estatística inglesa nascida na Itália, além de pioneira da enfermagem, Florence Nightingale, que veio ao mundo em 12 de maio de 1820, e que contraiu uma doença paralisante aos 35 anos de idade, que praticamente a prostrou numa cama pelos cerca de 50 anos restantes de sua vida, em cuja homenagem também são festejados nessa mesma data o "Dia do Enfermeiro" no Brasil, o "Dia Estadual do(a) Enfermeiro(a)" no Estado brasileiro do Mato Grosso e o "Dia Internacional dos Enfermeiros" ou "International Nurses Day"].

Apesar da doença incapacitante, Florence Nightingale ainda fundou a 1ª escola de enfermagem de que se tem notícia na história mundial, além de ser creditada a ela, a inspiração para o banqueiro e filantropo suíço, Jean Henry Dunant, na criação da Cruz Vermelha ou Red Cross", uma instituição humanitária para os tempos de guerras, surgida para prevenir e aliviar o sofrimento humano, sem qualquer discriminação de nacionalidade, raça, credos religiosos, orientação sexual, de classe ou opiniões políticas, e que normalmente atua prestando importantes serviços de socorro durante as várias discórdias da humanidade.

Florence Nightingale também passou 35 anos lutando por justiça para os soldados doentes da "Guerra da Crimeia", e é creditada como responsável pela instalação do 1º elevador em hospitais, então para que no transporte de macas, não fossem agravados os ferimentos de soldados queimados e quebrados pela guerra, e pela instalação de um posto central de enfermagem em cada andar, com cabos ligados a sinos que deveriam ser puxados pelos pacientes nos casos de necessidade e solicitação de ajuda, [hoje substituídos por campainhas e equipamentos do gênero], para facilitar o atendimento aos doentes, conforme consta num livro do Médico canadense especializado em encefalomielite miálgica, Byron Marshall Hyde.

Para conhecimento, A fibromialgia e síndrome de fadiga crônica é tida como a principal dor músculo-esquelética a acometer desde crianças até idosos de ambos os sexos, principalmente mulheres dos 30 aos 50 anos, sendo caracterizada por dores musculares difusas, fadiga, cansaço e dor em pontos dolorosos específicos sob pressão [pontos no corpo com sensibilidade aumentada ou tender-points].

a sensibilidade química múltipla, também chamada de intolerância química, doença ambiental e hipersensibilidade química, é um tipo raro de alergia, que manifesta-se com sintomas como irritação nos olhos, coriza, dificuldade respiratória e dor de cabeça, quando o indivíduo fica exposto a diversas substâncias químicas comuns do dia a dia, como o cheiro de uma roupa nova, cheiro do shampoo ou de outros produtos cosméticos, poluição dos carros, álcool, etc... Mas a sua principal causa é a poluição interna dos edifícios.
Esta sensibilidade é agravada devido a presença constante de substâncias químicas presentes no ar e oriundas das tintas das paredes, móveis, produtos de limpeza utilizados e máquinas de escritórios, por exemplo, que ao entrar em contato com a luz e a umidade favorecem a proliferação dos microorganismos. Assim o sistema imune do indivíduo está sempre "alerta", fazendo com que sempre que esse indivíduo seja exposto a outro tipo de substância química, seu sistema imunológico termine por provocar uma reação alérgica crônica, que muitas vezes impede o trabalho.

A "síndrome da Guerra do Golfo" é uma doença que atinge veteranos da Guerra do Golfo, além de civis que estiveram perto das áreas de conflito ou das demolições de depósitos de armas químicas. Caracteriza-se por uma vasta gama de sintomas crônicos e agudos, notadamente danos ao sistema imune e maformações congênitas. Nem sempre foi claro se os sintomas estavam relacionados com os serviços prestados na guerra ou se a ocorrência de determinadas doenças é comparável à de populações comuns.
Essa síndrome é causada pela exposição a substâncias químicas tóxicas. Várias delas foram investigadas, incluindo o brometo de piridostigmina [um antídoto contra gases nervosos], pesticidas organofosforados, armas químicas e urânio empobrecido. Foram descartados como possíveis causas da síndrome o stress pós-traumático, a vacina contra Anthrax, que continha o adjuvante esqualeno1 e a fumaça proveniente dos incêndios nos campos de petróleo do Kuwait. O uso de pílulas de antídoto para proteger as tropas de agentes nervosos, e o uso de repelente de insetos parecem ser as causas mais prováveis da síndrome.
Desde o final da Guerra do Golfo, A Administração de Veteranos dos Estados Unidos da América ou "United States Veteran Administration" e o Ministério Britânico da Defesa ou "British Ministry of Defense" têm realizado inúmeros estudos sobre os veteranos de guerra. Os últimos estudos têm determinado que, enquanto a saúde física dos veteranos implantados é semelhante ao de não-veteranos implantados, há um aumento de quatro das 12 condições médicas relatadas sobre a guerra: fibromialgia, síndrome de fadiga crónica, eczema, e dispepsia. O estudo também concluiu que, embora a mortalidade tenha sido significativamente maior em veteranos implantados, a maior parte do aumento deveu-se a acidentes automobilísticos.

Fontes consultadas:

  1. www.cdc.gov/…
  2. phoenixrising.me/…
  3. www.facebook.com/…
  4. www.may12th.org/…
  5. www.healthcentral.com/…
  6. www.tuasaude.com/…
  7. pt.wikipedia.org/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/1206

RSS/XML