Dia Estadual do Auditor de Controle Interno (20 de novembro)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/3235

Próxima Celebração "Dia Estadual do Auditor de Controle Interno": Terça-Feira, 20 de Novembro de 2018, : daqui 363 dias, 23:24:02-02:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 4 minutos.

O Dia Estadual do Auditor de Controle Interno em 20 de novembro de cada ano, é uma comemoração no Estado brasileiro do Ceará, que foi instituída pela Lei Nº 14.294 de 7 de janeiro de 2009, e que também é conhecida entre os brasileiros apenas como "Dia do Auditor Interno".

De acordo com a Lei supracitada do Estado do Ceará, essa data comemorativa deverá ser objeto de ações específicas da Secretaria da Controladoria e Ouvidoria do Estado do Ceará, com iniciativas voltadas para a divulgação das ações de Auditoria Governamental desenvolvidas no Estado, palestras nas Universidades e realizações de eventos, destinados à divulgação, acesso e consolidação da carreira do Auditor no âmbito do Poder público Estadual cearense.

Essa data celebrativa de brasileiros que está oficializada no Estado do Ceará tem por fim, marcar a data da fundação do AUDIBRA [Instituto dos Auditores Internos do Brasil], que foi constituído em 20 de novembro de 1960 na cidade brasileira de São Paulo-SP, e que hoje está presente nas principais capitais de Estados brasileiros, a partir de 2010 como IIA Brasil, com o fim de proporcionar formação, capacitação e desenvolvimento profissional aos auditores internos do Brasil.

O Instituto dos Auditores Internos do Brasil é uma entidade civil sem fins econômicos que tem como objetivo fortalecer a profissão de auditoria interna no país, oferecendo conhecimento e novas técnicas que agreguem valor à carreira dos seus associados, atualizando e certificando esses profissionais.

Para conhecimento, auditor interno é o profissioinal responsável por realizar auditorias internas, uma atividade independente e objetiva de garantia e consultoria, concebida para adicionar valor e melhorar as operações de uma organização. A auditoria interna ajuda uma organização a atingir seus objetivos, através de uma abordagem sistemática e disciplinada, para avaliar e melhorar a efetividade dos processos de gerenciamento de riscos, controle e governança. Esta definição é mundialmente reconhecida e aceita, sendo divulgada pelo IIA [Instituto de Auditores Internos ou "Institute of Internal Auditors"], representado no Brasil pelo IIA Brasil.
Os principais objetivos a atuação de um auditor interno são:

  • verificar a existência, a suficiência e a aplicação dos controles internos, bem como contribuir para o seu aperfeiçoamento;
  • verificar se as normas internas estão sendo seguidas;
  • verificar a necessidade de melhoramento das normas internas vigentes; e
  • avaliar a necessidade de novas normas internas.

A atividade de auditoria interna geralmente é desempenhada por departamento de uma entidade, incumbido pela direção da mesma para efetuar verificações necessárias e para avaliar os sistemas e procedimentos da entidade, com vista a minimizar as probabilidades de fraudes, erros ou práticas ineficazes.
A auditoria interna deve ser independente no seio da organização e reportar diretamente à direção da mesma.
Ou seja, se pode conceituar auditoria nterna como um controle gerencial que funciona por meio de medição e avaliação da eficiência e eficácia de outros controles. Deve ser entendida como uma atividade de assessoramento à administração quanto ao desempenho das atribuições definidas para cada área da empresa, mediante as diretrizes políticas e objetivos por aquela determinados. A auditoria interna cumpre um papel fundamental na empresa: subsidia o administrador com dados e informações tecnicamente elaborados, relativos às atividades para cujo acompanhamento e supervisão, este não tenha condições de realizar; e ela o faz mediante o exame da:

  • adequação e eficácia dos controles;
    integridade e confiabilidade das informações e registros;
  • integridade e confiabilidade dos sistemas estabelecidos para assegurar a observância das políticas, metas, planos, procedimentos, leis, normas e regulamentos, e da sua efetiva aplicação pela empresa;
  • eficiência, eficácia e economicidade do desempenho e da utilização dos recursos; dos procedimentos e métodos para salvaguarda dos ativos e a comprovação de sua existência, assim como a exatidão dos ativos e passivos; e
  • compatibilidade das operações e programas com os objetivos, planos e meios de execução estabelecidos.

Não deve haver limitação, no âmbito da empresa, para atuação da auditoria interna. O auditor interno deve ter acesso a todas as áreas e informações, terreno no qual e para o qual desenvolverá seu trabalho. Naquelas áreas cuja tecnologia desconhece, no todo ou em parte, deve ele assessorar-se de profissionais habilitados, a fim de entender o processo, para poder avaliá-lo e julgá-lo, possibilitando, assim, que seu relatório seja emitido corretamente. Podemos exemplificar esta condição com referência a um trabalho desenvolvido numa área de Produção. Neste caso, o auditor interno se assessorará de um engenheiro, qualificado tecnicamente para, quando solicitado e autorizado pela Diretoria, julgar determinada operação ou opinar sobre ela. Deve, ainda, prestar total apoio ao Conselho de Administração e ao Conselho Fiscal da entidade, bem como, se em empresa estatal, coordenar e controlar o atendimento ao Tribunal de Contas e aos órgãos de Controle Interno.

Os sistemas de controle internos não se limitam às áreas contábil e financeira, mas englobam os planos da organização e todos os métodos usados para proteger seus ativos, verificar a exatidão e fidedignidade de suas informações contábeis, financeiras, administrativas e operacionais, e promover a eficiência e eficácia operacional, bem como estimular a observância de normas e diretrizes da administração, inclusive no âmbito das empresas controladas e coligadas. A função básica da auditoria interna, de assegurar o sistema de controle interno eficaz, não desobriga os executivos das responsabilidades de verificação e controle nos seus respectivos setores.

Fontes consultadas:

  1. www.al.ce.gov.br/…
  2. www.iiabrasil.org.br/…
  3. pt.wikipedia.org/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/3235

RSS/XML