Dia Estadual do Agente Comunitário de Saúde (12 de julho)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/792

Próxima Celebração "Dia Estadual do Agente Comunitário de Saúde": Quinta-Feira, 12 de Julho de 2018, : daqui 229 dias, 14:39:51-02:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 1 minuto.

O Dia Estadual do Agente Comunitário de Saúde ou Dia do Agente Comunitário de Saúde em 12 de julho de cada ano, é uma comemoração dos Estados brasileiros do Rio de Janeiro [Lei Nº 4.770 de 30 de maio de 2006 e Lei Nº 5.645 de 6 de janeiro de 2010] e Santa Catarina [Lei Nº 13.326 de 20 de janeiro de 2005], em homenagem a todos os cidadãos e cidadãs que atuam como agente comunitário de saúde, seja profissional ou voluntariamente.

Essa data comemorativa do Estado dos cariocas e de catarinenses tem por fim marcar o dia 12 de julho de 1890, consensualmente tido como o da fundação da obra de Madre Paulina na localidade brasileira de Vigolo [próximo da cidade de Nova Trento-SC], que é considerada como a 1ª Congregação Religiosa no Brasil, e que nasceu diante da necessidade de se cuidar dos doentes, Numa região então desprovida de casas religiosas.

Pois foi nesse 12 de julho de 1890, que a imigrante alemã radicada no Brasil, Amabile Lucia Visintainer ou Madre Paulina do Coração Agonizante de Jesus, deixou a casa paterna, aos 25 anos de idade e com a permissão de seu pai e a aprovação do Padre brasileiro, Marcello Rocchi, para então passar a morar num casebre na companhia de sua amiga, Virginia Nicolodi, com o fim de aí cuidar de uma mulher cancerosa e desamparada.

A relação da Obra de Madre Paulina com os agentes comunitários de saúde se dá porque a partir desse dia, ela converteu-se numa mensageira da saúde para seu povo, tal qual ocorre com o Agente Comunitário de Saúde no Brasil de nossos tempos.

Para conhecimento, Madre Paulina foi beatificada em 18 de outubro de 1991, numa cerimônia realizada na cidade brasileira de Florianópolis-SC.
Apesar de ter nascido na Alemanha, ela foi canonizada como a 1ª Santa brasileira da Igreja Católica Apostólica Romana, numa cerimônia pública oficiada pelo Papa João Paulo II na cidade e capital italiana de Roma em 19 de maio de 2002, pois ela passou 68 dos 76 anos de sua vida ajudando aos necessitados no Brasil.

Fontes consultadas:

  1. alerjln1.alerj.rj.gov.br/…
  2. carapicu.alesc.sc.gov.br/…
  3. heroinasdacristandade.blogspot.com/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/792

RSS/XML