Dia Estadual da Educação Infantil (25 de agosto)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/1015

Próxima Celebração "Dia Estadual da Educação Infantil": Sábado, 25 de Agosto de 2018, : daqui 273 dias, 14:46:18-02:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 3 minutos.

O Dia Estadual da Educação Infantil em 25 de agosto de cada ano, é uma comemoração do Estado brasileiro do Rio de Janeiro, que foi instituída pela Lei Nº 6.149 de 4 de janeiro de 2012, pela qual se alterou a Lei Nº 5.645 de 6 de janeiro de 2010, em apoio ao "Dia Nacional da Educação Infantil" no Brasil, que é celebrado dentro da "Semana Estadual da Educação Infantil" do Estado dos cariocas e da "Semana Nacional da Educação Infantil" de brasileiros.

Essa data comemorativa do Rio de Janeiro tem por fim, marcar a data do aniversário do nascimento da médica pediatra e sanitarista brasileira, Zilda Arns Neumann, que veio ao mundo em 25 de agosto de 1934, e que foi irmã do arcebispo brasileiro, dom Paulo Evaristo Arns, além de fundadora e coordenadora da Pastoral da Criança e coordenadora da Pastoral da Pessoa Idosa no Brasil.

A Pastoral da Criança no Brasil foi iniciada em 5 de dezembro de 1983, a partir de um programa experimental, lançado na localidade brasileira de Florestópolis-PR, pela idealização da própria Zilda, com o apoio do então Arcebispo da cidade brasileira de Londrina-PR, Dom Geraldo Majella Agnelo.
Tudo começou quando o Arcebispo da cidade brasileira de São Paulo-SP e irmão de Zilda, dom Paulo Evaristo Arns, sugeriu a ela, que fosse formulado um plano com o fim de se diminuir a mortalidade infantil no Brasil, através do uso do soro caseiro.
A partir dessa conversa, foi lançada as bases para um programa experimental da CNBB [Confederação Nacional dos Bispos do Brasil], que inicialmente contou com a participação das comunidades católicas, que cuidavam de treinar voluntários para ensinar mães pobres a usar o soro caseiro e evitar que seus filhos morressem de diarreia e desidratação.

A localidade piloto para o lançamento desse programa experimental, foi escolhida pela pobreza generalizada, com uma população então constituída quase que em sua totalidade por bóia-frias, donde se pode obter resultados altamente compensadores e uma redução pela metade do índice de mortalidade infantil já nos primeiros 2 anos de atividade Pastoral.

Zilda Arns então passou a dedicar sua vida na consolidação da Pastoral da Criança, percorrendo ao longo dos anos, os mais recônditos cantos do Brasil, participando de eventos, realizando palestras, acompanhando comitivas da pastoral, entre outras ações, num incansável trabalho que mudou o destino de milhões de crianças no Brasil e em várias outras partes do mundo.
Tanto é que sua morte se deu por ocasião do terremoto de 12 de janeiro de 2010 na cidade e capital haitiana de Porto Príncipe, enquanto ela respondia algumas perguntas de religiosos do lugar, após uma palestra sobre seu trabalho na Pastoral, que havia sido proferida para um grupo de religiosos haitianos, quando o prédio paroquial da Igreja Sacré Coeur com seus 3 andares virou um amontoado de pedras e vigas. Zilda foi atingida na cabeça e morreu na hora, junto com outros religiosos que estavam na sala.

Hoje a Pastoral da Criança está presente em todos os estados do Brasil e abrange cerca de 72% do território nacional brasileiro, além de atuar ainda em mais 20 países na América Latina, Ásia e África, com seus mais de 240 mil voluntários, capacitados para acompanhar gestantes e crianças pobres menores de seis anos de idade.
Através dos voluntários da Pastoral da Criança, as comunidades pobres recebem orientações sobre o valor nutritivo dos alimentos, numa luta contra a desnutrição e em prol do fortalecimento do aleitamento materno, do controle de doenças respiratórias e diarreia, e tantas outras ações simples, baratas e facilmente replicáveis, além da orientação para a prevenção de acidentes domésticos.

Fontes consultadas:

  1. alerjln1.alerj.rj.gov.br/…
  2. www.urutagua.uem.br/…
  3. www.camara.gov.br/…
  4. www.e-biografias.net/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/1015

RSS/XML