Dia do Fico (9 de janeiro)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/3585

Próxima Celebração "Dia do Fico": Quarta-Feira, 9 de Janeiro de 2019, : daqui 319 dias, 18:55:56-03:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 2 minutos.

O Dia do Fico em 9 de janeiro de cada ano, é uma comemoração extraoficial no Brasil, que aparece listada em vários calendários brasileiros de dias festivos.

Essa data comemorativa extraoficial de brasileiros tem por fim, marcar a data da recusa do então príncipe regente e herdeiro do reino português, Dom Pedro I do Brasil e IV de Portugal, que, em 9 de janeiro de 1822, decidiu terminantemente não voltar para a sua terra natal, desobedecendo então a ordem das Cortes Gerais e Extraordinárias da Nação Portuguesa, que, por volta de 1821, mostravam a ideia de transformar o Brasil de novo numa colônia, e exigiam o retorno imediato do Príncipe Regente a Portugal, com a histórica e memorável frase: "Como é para o bem de todos e felicidade geral da nação, estou pronto: diga ao povo que fico.", atendendo assim, ao apelo de cerca de 8 mil assinaturas de brasileiros em favor da permanência do Príncipe, que foram reunidas por liberais radicais, juntamente com o Partido Brasileiro, tentando manter a autoridade do Brasil, e pressionando Dom Pedro a ficar.

A partir daí, Dom Pedro entrou em conflito direto com os interesses portugueses, para romper o vínculo que existia entre Portugal e o Brasil. tanto é que, poucos dias depois e um dia depois da "capitulação das tropas do militar português, Jorge de Avilez Zuzarte de Sousa Tavares [Visconde do Reguengo e 1º conde de Avilez], em 16 de janeiro desse mesmo ano, se deu a nomeação do novo Gabinete de ministros brasileiros, com o provimento de José Bonifácio nos Ministérios do Reino, Justiça e Estrangeiros, Caetano Pinto de Miranda Mon­tenegro no Ministério da Fazenda, general Joaquim de Oliveira Álvares no Ministério da Guerra, e almirante Manuel Antônio Farinha [conde de Souzel] no Ministério da Marinha.

Este episódio culminou com o "Dia da independência do Brasil", que se seu em 7 de setembro de 1822, através do "Grito do Ipiranga" de "Independência ou Morte" ante o jugo dos portugueses, que teria sido proferido pelo nobre luso-brasileiro, Dom Pedro I, diante de sua comitiva e às margens do rio ou riacho Ipiranga da cidade brasileira de São Paulo-SP, muito embora esse fato histórico da independência do Brasil em princípios de setembro não seja assim absolutamente consensual, pois aspectos dessa versão já chegaram a ser contestados por alguns historiadores em nossos dias. Além disso, a moderna historiografia em história do Brasil remete o início do processo da independência brasileira para o momento da transferência da corte portuguesa para Terras Brasilis, que se deu a partir de 1808 no contexto da "Guerra Peninsular", por ocasião da invasão que a França Napoleônica empreendeu contra Portugal.

Fontes consultadas:

  1. pt.wikipedia.org/…
  2. www.suapesquisa.com/…
  3. www.sohistoria.com.br/…
  4. www.calendarr.com/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/3585

RSS/XML