Dia do Anão (20 de janeiro)

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/3606

Próxima Celebração "Dia do Anão": Sábado, 20 de Janeiro de 2018, : daqui 88 dias, 14:31:33-02:00.
Tempo médio de leitura para essa data comemorativa: ± 3 minutos.

O Dia do Anão em 20 de janeiro de cada ano, é uma comemoração na cidade brasileira de São Paulo-SP, que foi instituída pela Lei Nº 14.618 de 7 de dezembro de 2007, e que foi ratificada pela Lei Nº 14.485 de 19 de julho de 2007.

Apesar de muitas pesquisas e inúmeros esforços, ainda não me foi possível obter maiores explicações e porquês para a criação dessa data comemorativa de paulistanos em 20 de janeiro de cada ano, que o objetivo de homenagear todos os anões da capital paulista, mesmo depois da leitura da íntegra com a respectiva justificação do Projeto de Lei Nº 537 de 14 de agosto de 2007 da Câmara Municipal da cidade de São Paulo.

Para conhecimento, segundo o Projeto de Lei supracitado, na capital do Estado do Estado paulista, vivem cerca de 10% dos anões brasileiros, o que motivou a fundação da Associação Brasileira Pró-nanismo [Gente Pequena] no início da década de 1980, com base na ONG [Organização Não-Governamental] norte-americana, Gente Pequena da América ou "Little People of America", que atualmente é denominada AGPB [Associação Gente Pequena do Brasil], tendo por fim informar e orientar pais e interessados sobre as questões que envolvem o nanismo.

De acordo com a Wikpédia em língua portuguesa, nanismo é a condição de tamanho de um indivíduo, cuja altura seja muito menor que a média de todos os sujeitos que pertencem à mesma população. Admite-se que se pode chamar de nanismo, quando o tamanho de um indivíduo tem uma estatura até 20% inferior à média dos mesmos indivíduos de sua espécie, à mesma idade. Na espécie humana, em termos de adultos, considera-se anão, o homem que mede menos de 1,70 metros, e anã, a mulher com altura inferior a 1,35 metros. A partir da morfologia, o Nanismo é dividido em dois grandes grupos: o dos nanismos proporcionais, onde a estatura do indivíduo é baixa, mas o tamanho dos órgãos mantêm a mesma proporção; e os nanismos desproporcionais, também chamados displasias esqueléticas, onde o tamanho do indivíduo é bem mais baixo que o normal, porém alguns órgãos mantém-se em tamanho maior em relação à altura, em comparação com os indivíduos não-nanistas.

Os tipos mais conhecidos de nanismo proporcional, são nanismo pituitário e nanismo primordial, enquanto os tipos mais comuns de nanismo desproporcional, são a acondroplasia e a hipocondroplasia, em que há encurtamento dos membros e algumas displasias em que há acometimento severo da coluna vertebral. Ocasionalmente, o termo nanismo é aplicado somente às baixas estaturas desproporcionais. Ambos os tipos de nanismos normalmente têm causas genéticas, e podem ou não ser hereditários, provocando a condição de estar abaixo da altura esperada como o resultado de uma parada prematura do crescimento esquelético. O nanismo pode ser causado pela secreção insuficiente do hormônio do crescimento: nanismo hipofisário. A definição de nanismo conforme O Tratado de Pediatria Nelson é de até 1,40 metro para homens e de 1,35 metro para mulheres.

Os anões, por vezes, são discriminados pela sociedade de uma forma geral, nem sempre dispondo das mesmas chances de empregos perante pessoas de estatura normal. Além disso, por possuírem uma característica física fora dos padrões, tanto corporal, quanto facial, muitos anões têm complexo de inferioridade, e por isso, podem enfrentar problemas em estabelecer relacionamentos amorosos. Outro fator bastante importante que não pode ser esquecido, é a falta de acesso apropriado para os anões aos diversos bens públicos, como por exemplo, telefones e banheiros públicos. No sentido de que estes bens não são pensados visando o público anão.

Já nos meios de comunicação de uma forma geral, também existe discriminação, onde os anões são tratados como pessoas muito diferentes do normal. Ainda é muito tímida a indignação da sociedade de uma forma geral, e até mesmo dos anões, contra esses preconceitos. Mas a situação parece melhorar gradativamente, inclusive tendo um anão como destaque sob o personagem "Tyrion Lannister" na série "Game of Thrones" no canal HBO dos Estados Unidos da América, interpretado a partir de 2011 pelo anão norte-americano, Peter Hayden Dinklage.

Fontes consultadas:

  1. www.radarmunicipal.com.br/…
  2. camaramunicipalsp.qaplaweb.com.br/…
  3. pt.wikipedia.org/…

Para dúvidas, críticas, sugestões, reclamações, convites e outros assuntos, por favor, Entre em contato

Licença Creative Commons, para reproduzir tem que citar fonte com link. URL curta: http://datas.blog/3606

RSS/XML